IMPOSTÓMETRO

sábado, 30 de abril de 2016

Exército recebe o primeiro carro elétrico

Ivan Plavetz

O Exército Brasileiro recebeu o primeiro veículo elétrico e um eletroposto que fazem parte do projeto piloto de segurança energética. Tanto o veículo quanto o posto de abastecimento serão monitorados pelo sistema de gestão de mobilidade inteligente Mob-i.ME, que captará energia solar por meio de 12 baterias de sódio que acumulam até 282 kWh.
Pioneiro no Brasil, o projeto Segurança Energética Módulo de Armazenamento de Energia possui um sistema híbrido, que pode coordenar várias fontes de energia simultaneamente, como a solar, eólica, hidrelétricas, diesel, biometano e geotérmica. Esse processo irá gerar uma economia de aproximadamente R$ 30 mil para o Exército mensalmente, cerca de 10% da sua fatura de energia. A economia poderá dobrar, caso o sistema seja acionado no horário de ponta, momento em que a energia custa mais caro.

A cerimônia de lançamento do projeto-piloto e da entrega do carro elétrico aconteceu no quartel general do Exército Brasileiro no Setor Militar Urbano, em Brasília. A concepção deste projeto é uma parceria entre a Força Terrestre, Itaipu Binacional e Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI).

“No nosso desenvolvimento militar, no aperfeiçoamento de sistemas de Defesa, o grande gargalo que encontramos hoje está exatamente na capacidade precária, ainda, de armazenamento de energia. O que estamos fazendo aqui tem uma clara e importantíssima perspectiva de futuro”, afirmou o comandante do Exército, general-de-exército Eduardo Villas Bôas.

“A Defesa será tão mais forte, quanto mais forte for a participação da área empresarial, da economia como um todo e da área científica e tecnológica”, defendeu o general.

Carro elétrico

O carro, da marca Renault Fluence Z, possui motor de 70 kw de potência com desempenho semelhante a um carro convencional movido à gasolina com motor 2.0 e 16 válvulas. O sistema Mob-i, que fará o monitoramento, foi desenvolvido pela empresa de tecnologia de Portugal CEiiA em parceria com a o Parque Tecnológico de Itaipú. O sistema permite monitorar a localização do carro, velocidade, deslocamento e redução da quantidade de CO2 emitidos.
O veículo foi cedido ao Exército em caráter de empréstimo por dois anos, renováveis por mais dois. O posto de abastecimento, montado no QG do Exército em Brasília, é capaz de fornecer energia para até dois veículos simultaneamente, carregando-os em quatro horas e proporcionando até 200 quilômetros de autonomia. Esta energia será provenientes dos 360 painéis fotovoltaicos instalados e conectados a seis inversores solares com potência total de 90 kW.
Armazenamento de energia

De acordo com o diretor geral da Itaipu Binacional, Jorge Miguel Samek, o sistema de armazenamento de energia faz parte de um projeto mais amplo que deverá ser consolidado até o final do ano. “Nós queremos neste ano consolidar a implantação desse projeto e, a partir daí, entrar em escala e em uma dinâmica que vá abastecendo toda a necessidade que o Exército possui”, acrescentou.

Segundo Samek, o primeiro grande container, que já saiu de Itaipu, chegará até o próximo mês de maio. O sistema será instalado em pelotões de fronteira e em outras organizações militares do Exército na região amazônica. Este procedimento faz parte de um acordo de cooperação firmado entre a Força Terrestre, Itaipu e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu.
Também estiveram presentes na cerimônia, o secretário-geral do Ministério da Defesa, general Silva e Luna, a secretária de Produtos de Defesa (SEPROD), Perpétua Almeida, a diretora financeira executiva de Itaipu, Margaret Groff e o diretor-superintendente da FPTI, Juan Carlos Sotuyo.

TECNOLOGIA & DEFESA

Fonte: Montedo

terça-feira, 19 de abril de 2016

Moema Gramacho é condenada a devolver R$ 181 mil a prefeitura de Lauro de Freitas

A ex-prefeita de Lauro de Freitas e atual deputada federal Moema Gramacho (PT) foi condenada nesta terça-feira (1º), pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), a devolver R$ 181mil aos cofres da cidade da Região Metropolitana de Salvador. A Corte de Contas identificou irregularidades nos pagamentos de benefícios aos secretários municipais em 2011, período em que era prefeita do município. O órgão ainda multou a petista em R$ 3 mil. Segundo o TCM, a prefeitura pagou naquele ano valores superiores aos R$ 7,5 mil mensais fixados na Lei Municipal aos ex-secretários Luiz Cláudio Souza, Paulo Roberto Mendes, Abraão Barros Santos e Roque Fagundes Neto. Moema é considerada o principal nome do PT para disputar a prefeitura do município nas eleições municipais deste ano. Ainda na sessão desta terça, o órgão multou em R$ 16 mil o prefeito de Caravelas, Jadson Silva Ruas, por irregularidades em licitações para contratação de empresa de limpeza pública, nos exercícios de 2013 e 2014, em mais de R$ 4,4 milhões. O TCM identificou que, no ano de 2013, a gestão municipal firmou contrato com as empresas Alex Rodrigues Rocha & Cia Ltda. – ME e Maria de Lourdes da Silva Madeira – ME. Entretanto, os contratos continham irregularidades, como falta de justificativa de preços e fiscalização de execução dos serviços, além de ausência de documentação sobre qualificação técnica. Já em 2014, a prefeitura selou contratos irregulares Alex Rodrigues Rocha & Cia Ltda. – ME, Maria de Lourdes da Silva Madeira – ME e Rafael Barbosa Oliveira e Elias Viana Santos, por conta da inexistência de pesquisa de mercado e cotações de preços. O órgão atestou também contratação de auxiliares de serviços gerais sem concurso público, o que fere a Constituição Federal.
Fonte: vozdabahia.com.br

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Sancionada sem vetos lei que autoriza uso da fosfoetanolamina


A presidente da República, Dilma Rousseff, sancionou, sem vetos, a lei que autoriza pacientes com câncer a usarem a fosfoetanolamina sintética antes de seu registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (14). A norma originou-se do Projeto de Lei da Câmara (PLC)3/2016, que foi aprovado no Senado no final de março.
Pelo texto, o paciente deve apresentar laudo médico que comprove o diagnóstico de câncer e assinar termo de consentimento e responsabilidade. O uso da substância é definido como de relevância pública.
A lei autoriza a produção, importação, prescrição, posse ou uso da substância independentemente de registro sanitário, em caráter excepcional, enquanto estiverem em curso estudos clínicos acerca do produto. Para produzir, importar, prescrever e distribuir a substância, os agentes precisam ser regularmente autorizados e licenciados pela autoridade sanitária competente.
Utilização
Conhecida como “pílula do câncer”, a fosfoetanolamina é uma substância que imita um composto que existe no organismo e que, supostamente, identifica as células doentes e permite que o sistema imunológico as reconheça e as remova. Pesquisas sobre o medicamento vêm sendo feitas pelo Instituto de Química de São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP), há cerca de 20 anos. O órgão fazia sua distribuição de forma gratuita.
Em 2014, a droga parou de ser entregue, depois de uma portaria  da USP determinar que substâncias experimentais deveriam ter todos os registros antes de serem liberadas à população. Sem a licença, pacientes passaram a conseguir a liberação na Justiça, por meio de liminares. Em razão da polêmica, os Ministérios da Saúde e da Ciência e Tecnologia decidiram financiar estudos para avaliar a segurança e a eficácia do composto.
Fonte: Agência Senado

PARABÉNS DEP FED CABO DACIOLO


Lei n° 13.269/16, de 13/04/16 - Pílula do câncer.
 
Aqui da Bahia gostaríamos de parabenizar a luta do nobre Deputado Federal Cb DacÍolo pela luta em prol da aprovação da liberação do uso da fosfoetanolamina sintética (pílula do câncer) produzida pela Universidade de São Paulo-USP, conforme defendida em sessão geral n° 362.1.55.0, de 24/11/15 e sancionada pela presidente Dilma, em forma da Lei n° 13.269, no dia de ontem, 13/04/16 e publicada no DOU de hoje 14/04/2016.

Parabéns pela luta e empenho juntamente com os demais parlamentares que contribuíram para essa conquista para os nossos irmãos brasileiros.

Independente de minha pessoa ter perdido dois irmãos para essa terrível doença e ter um outro se submetido a uma cirurgia invasiva e traumática, sabemos o sofrimento causado não apenas aos pacientes, mas também aos seus parentes e amigos.

Essa vitória é dos brasileiros e demonstram a preocupação de nossos sérios representantes no parlamento!

Façamos essa mensagem circular até chegar ao nobre deputado para agradecermos por seu empenho. 

Tempo de decisão! 

2° Sgt QE Edson Vidal-Presidente da Aprafa BA / SE

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Shoppings de Brasília vão fechar no domingo, por causa do impeachment

Empresário alegam que intenção evitar que possíveis distúrbios entre simpatizantes e contrários ao impeachment se reflitam no comércio que, aos domingos nos shoppings, funciona das 14h às 20h

Renato Alves
O Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal e a Abrasce (Associação Brasileira de Shoppings Centers) estão recomendando que os centros de compras da capital da República não abram no próximo domingo ( 17), quando a Câmara dos Deputados votará, a partir das 14 horas, o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Uma das intenções, segundo as entidades, é evitar que possíveis distúrbios entre simpatizantes e contrários ao impeachment se reflitam no comércio que, aos domingos nos shoppings, funciona das 14h às 20h. 

“Temos o dever de zelar pela integridade física dos lojistas, comerciários e consumidores. Como em todo o país as vendas em lojas de shoppings têm caído pelo menos 50% aos domingos, é prudente o fechamento das lojas”, observa o presidente do Sindivarejista, Edson de Castro. 

CRISE

Um outro objetivo é protestar por causa do fraco desempenho da economia nos últimos meses. A Abrasce começou a enviar hoje e-mails para os seus associados sugerindo ponto facultativo no próximo domingo.

A ideia é passar um recado de insatisfação com a crise política, que tem afetado o desempenho econômico do país. “Resolvemos sacrificar o domingo, um dia sagrado para o varejo, porque resolver esse imbróglio político, com ou sem a saída da presidente, é essencial para que esse cenário se inverta'', avalia o presidente da Abrasce, Glauco Humai.

O setor de shoppings centers acusou aumento de 6,5% nas vendas em 2015, segundo dados da entidade. Porém, descontada a inflação, o desempenho real aponta uma queda de 4,3%.

Fonte: Correio Braziliense

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Tensão: Para intimidar FAB, Maduro ordena que Caças Venezuelanos “passeiem” muito próximos ao Espaço Aéreo Brasileiro

Após flagrantes e sucessivas ameaças de intervenção em assuntos internos do Brasil caso ocorra o impeachment de Dilma e a prisão de Lula, o presidente bolivariano da Venezuela Nicolás Maduro ordenou que Caças de Guerra de 4.5ª geração façam “supostos exercícios de reconhecimento” muito próximos aos limites do espaço aéreo brasileiro. Sucateada, FAB apenas “observa”.
Su-30_Venezuela-960x576
O Sukhoi venezuelano – os super-tucanos , AMX e F-5 são teco-teco perto dele.
Nos últimos dias a Força Aérea da Venezuela tem feito sobrevoos com seus potentes caças na região amazônica na fronteira com o Brasil, conta fonte da Coluna. Pode ser só um exercício aéreo – raro para aquela região – ou pode ser outro devaneio do presidente aloprado Nicolás Maduro.
A Força Aérea Brasileira tem apenas dois caças F-5, com alcance menor que os aposentados Mirage, na base de Anápolis (GO), a 100 km da capital Brasília.
Maduro, que afundou a Venezuela e se colocou à disposição de Dilma contra ‘o golpe’, possui 23 russos Sukhoi SU-30, os mais potentes do mundo, rivais dos americanos. Outros 12 foram encomendados ano passado.
É apenas uma comparação de poder aéreo. Os caças bolivarianos alcançam Brasília em 3 horas.

quinta-feira, 31 de março de 2016

Associações dos Militares Estaduais terão imunidade tributária asseguradas aos sindicatos de trabalhadores

PEC 443/2014- 

Acrescenta parágrafo ao art. 42 da Constituição Federal, para assegurar as associações dos militares estaduais as mesmas garantias de representação e imunidade tributária asseguradas aos sindicatos de trabalhadores.

Parecer: Aprovado

Logo C?mara dos Deputados
Acompanhamento de Proposições
Brasília, quinta-feira, 31 de março de 2016
 
Prezado(a) Paulo Roberto Santos,
Informamos que as proposições abaixo sofreram movimentações.
 
  • PEC-00443/2014 - Acrescenta parágrafo ao art. 42 da Constituição Federal, para assegurar as associaçoes dos militares estaduais as mesmas garantias de representação e imunidade tributária asseguradas aos sindicatos de trabalhadores.
 - 30/03/2016Aprovado o Parecer.
 - 30/03/2016Deferido o REQ. 4229/2016, nos termos do seguinte despacho: Defiro, "ad referendum" do Plenário, a prorrogação do prazo por mais 15 (quinze) sessões. Publique-se.