sábado, 29 de dezembro de 2012

Brasil, onde está o teu orgulho?

Por Mário Marcio
 
Sobrinho:

Ainda bem que lhe sobra muita juventude nesse seu intento que, sem ... dúvida, todos aplaudem. É sempre uma triste revelação saber-se que companheiros de farda, e parceiros aos objetivos em defender a Pátria, tenham o Espírito Calabar entronizado às suas almas mesquinhas.

 É incrível essa postura antipatriótica; é covarde, e bem merece um Tribunal Militar para investigar as causas da traição, julgar e condenar a todos que tenham se debandado para o lado da podridão política instalada neste nosso Brasil. Inacreditável e nojento, a um só tempo.
 
 A qualidade da existência nas casernas deveria de uma vez por todas esculpir nessas mentes a rigidez e a beleza da prontidão a favor da República e da Democracia. Pena... Ver parte do nosso glorioso Exército, servido pelos valentes homens de nossa família, desrespeitado e cuspidos às caras dos que o formam exemplarmente. E ai está o Brasil à deriva e ou naufragando sem remédios. Um trilhão e quinhentos bilhões em impostos perdidos ao ralo das corrupções e desvios de verbas. E os estados produtores implorando por estradas em condições de transportar tanta riqueza.
 
Abandonar o transporte por via férrea foi o maior crime cometido por esses governos apadrinhadores de interesses estrangeiros escusos. E se pensa investir em trem-bala apenas por vaidades e espírito símio de imitação; construir luxuosos estádios para os futuros eventos esportivos em detrimento à modernização de nossos hospitais e de nossas escolas; mentir desbragadamente ao anunciar o fim do estado de miséria dentro de nossas fronteiras quando o que vemos é justamente o contrário. Foi a essa banda podre que debandou parte de nossas Forças Armadas? Lamentável e criminoso. Bem, sucesso a todos os que mostram seus peitos às armas inimigas e lutam pela deposição da farsa e da traição.
 
Abraços.

Tio Mario

Nenhum comentário:

Postar um comentário