domingo, 31 de março de 2013

Projeto altera quadro funcional de militares do Exército

A Câmara analisa o Projeto de Lei 4373/12, do Poder Executivo, que extingue o Quadro Especial de Terceiros-Sargentos do Exército, cria o Quadro Especial de Terceiros-Sargentos e Segundos-Sargentos do Exército e trata da promoção de soldados estabilizados à graduação de cabo.

 
Os cabos e taifeiros-mor com estabilidade concorrerão à promoção a terceiro-sargento desde que possuam, no mínimo, 15 anos de serviço e satisfaçam os requisitos para promoção, que serão estabelecidos em decreto.
Os terceiros-sargentos da ativa, integrantes do Quadro Especial de Terceiros-Sargentos do Exército – extinto pelo projeto –, passarão a integrar o novo quadro especial criado.
Já os terceiros-sargentos da ativa, integrantes do Quadro Especial de Terceiros-Sargentos e Segundos-Sargentos do Exército, concorrerão à promoção a segundo-sargento pelos critérios de antiguidade e de merecimento, desde que atendam os requisitos mínimos estabelecidos no Regulamento de Promoções de Graduados do Exército.
Soldados

Os soldados com estabilidade assegurada concorrerão à promoção a cabo pelo critério de antiguidade, sob as mesmas regras para a promoção dos cabos e taifeiros-mor, ou seja, desde que possuam pelo menos 15 anos de serviço e satisfaçam os requisitos que serão estabelecidos em decreto.
Pelo projeto, soldados, cabos e taifeiros-mor poderão ser beneficiados por até duas promoções, após adquirida a estabilidade. As promoções não contemplarão os militares na inatividade.
O ministro da Defesa, Celso Amorim, afirma que a possibilidade de promoção dos militares pertencentes ao Quadro Especial de Terceiros-Sargentos à graduação de Segundo-Sargento é um reconhecimento ao trabalho desempenhado por esse segmento militar. Segundo o ministro, a medida visa estimular o empenho profissional dos militares.
Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Íntegra da proposta:
·         PL-4373/2012
Reportagem – Rodrigo Bittar
Edição – Pierre Triboli
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'


Fonte: http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SEGURANCA/432953-PROJETO-ALTERA-QUADRO-FUNCIONAL-DE-MILITARES-DO-EXERCITO.html
Favor divulgar UUUUUUU

Atenciosamente:
Paulo Roberto

18 comentários:

  1. Juntos somos fortes
    Um abraço
    Sgt Marcos

    ResponderExcluir
  2. Tudo bem,mas os sgt qes que foram promovidos com 19,20,21,22,23 e 24 anos de serviço,não teram intertício para a promoção,pois o esse tempo pode ser de 6 à 9 anos para a promoção de um 3° sgt à 2° sgt de escola,se este critério for adotado para os sgt qe,muitos inclusive eu não seram promovidos porque nosso limite de permanência na ativa é de 30 anos de serviço ou 49 de idade.paulo se tu souberes qual o critério para nossa promoção posta no teu blog.

    ResponderExcluir
  3. Esta postagem é do ano passado, foi publicada em 17/12/21012. Para verificar é só clicar no link da fonte.

    ResponderExcluir
  4. Aconselho aos companheiros a lerem as emendas apresentadas pelos deputados.

    ResponderExcluir
  5. O Dep Claudio Cajado parece demasiado contete nas fotos com os comandantes das forças, inclusive não aparece com o do EB (pelo menos nas postagens), espero que ele não se venda por honrarias, medalhas, almoços etc, muitos sucumbiram diante dos encantos da meduza verde oliva,e ele como jurista que é, sinta no ar, nos olhos e nas palavras um pouco da discriminação que sofre nossa classe,interprete o sentimento mesquinho de alguns,sinta asco das falácias de outros e se pergunte: Por quê a discriminação? por quê??? não servimos todos a mesma Pátria? não temos a nesma Constituição como lei?

    ResponderExcluir
  6. Aluizio da Silva França Junior22 de abril de 2013 17:15

    A promoção do 3º Sargento da PMERJ Aluizio da Silva França Junior ao Posto de Ten.Coronel. Ocorreu após sua reforma por "Ato de Serviço",a promoção foi validada pelo STF,pois antes de ser "reformado" o mesmo havia passado em todas as etapas do curso do Oficiais,sendo promovido ao ultimo posto.Acabando assim com a alegação de promoção fictícia.Promoção involuntária por "ato de serviço",faz jus ao ultimo posto ou Graduação da carreira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como faço
      para ter contato! sou pm reformado por invalidez! grato! paulozamorz@gmail.com abraço!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Gostaria de obter informações, sou reformado por invalidez, vladimirpec@gmail.com, aguardo.

      Excluir
  7. Concelho de Magistratura do Distrito Federal22 de abril de 2013 17:18

    A promoção do Militar Aluizio da Silva França Junior ,ao posto de Ten.Coronel,foi uma vitória inédita.E abriu precedente para outros pleitos.

    ResponderExcluir
  8. VIRAM: É SÓ SE MOBILIZAR! ENTÃO SE MEXAM PESSOAL! NÃO FIQUEM PARADOS, ANDEM!
    VEJAM ABAIXO:



    CÂMARA DOS DEPUTADOS
    REQUERIMENTO Nº , DE 2013
    (Do Sr. Raul Lima)
    Requer a inclusão na Ordem do Dia do
    Projeto de Lei 4373 de 2012, que
    Extingue o Quadro Especial de
    Terceiros-Sargentos do Exército, cria o
    Quadro Especial de Terceiros-
    Sargentos e Segundos-Sargentos do
    Exército e dispõe sobre a promoção de
    soldados estabilizados à graduação de
    cabo.
    Senhor Presidente,
    Nos termos do artigo 114, inciso XIV, do Regimento Interno da Câmara dos
    Deputados, requeiro a Vossa Excelência à inclusão na Ordem do Projeto de Lei 4373
    de 2012, que “Extingue o Quadro Especial de Terceiros-Sargentos do Exército, cria o
    Quadro Especial de Terceiros-Sargentos e Segundos-Sargentos do Exército e dispõe
    sobre a promoção de soldados estabilizados à graduação de cabo”. Esta solicitação se da
    pela relevante importância da matéria.
    Sala das Sessões, de abril de 2013
    Deputado RAUL LIMA
    PSD/RR

    ResponderExcluir
  9. e muito facio e so todos deixarem de votar nesses calordas pois sem nossos votos eles não podem ser eleitos ou reeleitos se nos que votamos neles e eles nos tratão com despeito então deixem que provem de seu proprio veneno!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. MEU COLEGA DE 1984 FOI P RESERVA. E Ñ FOI PROMOVIDO.POR CAUSA DA COMPUSORIA,FALTANDO ALGUMAS SEMANAS.ELE Ñ FOI RECONHECIDO PELA FORÇA PELO SEUS SERVIÇOS ,PASSOU 28 ANOS NO EXERCITO E Ñ SAIU SGT.ELE AINDA PODE RECORRER PRA SE PROMOVIDO?

    ResponderExcluir
  11. MEU COLEGA DE 1984 fez o curso de cabo e FOI P RESERVA como CB. E Ñ FOI PROMOVIDO.POR CAUSA DA COMPUSSORIA,FALTANDO ALGUMAS SEMANAS.ELE Ñ FOI RECONHECIDO PELA FORÇA PELO SEUS SERVIÇOS ,PASSOU 28 ANOS NO EXERCITO E Ñ SAIU SGT.ELE AINDA PODE RECORRER PRA SE PROMOVIDO?

    ResponderExcluir
  12. nao porque voc foi pego pela compulsoria

    ResponderExcluir
  13. presado amigo vc etm noticias da tal sonhada promoção a segundo sgt QE.ABRAÇO.PAULO CESAR.3 SGT QE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sabe quando vcs serão promovido a 2 sargento nunca por falta de companheirismo os próprios sargento de carreira são contra a nossa promoção se vcs ainda não acordaram nos não somos considerados sargentos nos não podemos ser transferidos por necessidade do serviço para lugar nenhum curso só de direção defensiva ou aqueles que não geram gasto para as unidades.

      Excluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir