terça-feira, 26 de março de 2013

Salário-família pago ao dependente de militar das Forças Armadas seja no mínimo de meio salário mínimo nacional, não 0,16 centavos.

Propomos que o valor pago como salário-família para dependente de militar das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) seja, no mínimo, de meio salário mínimo nacional. Esse benifício seria igual para todos, independente de posto ou graduação e seria reajustado de acordo com a evolução do salário mínimo  nacional.



Favor Divulgar

Att: Paulo Roberto

8 comentários:

  1. Esse valor de dezeseis centavos não paga nem a tinta de impressão no contra_cheque!!!

    ResponderExcluir
  2. Quantos colegas me exigem que eu mostre meu contra-cheque para poder acreditar que realmente é R$ 0,16 que recebo por dependente.
    Poucos, poucos, quase ninguém acreditam nisso!

    ResponderExcluir
  3. imagino, a população brasileira agora sabe esta miséria que recebemos.

    ResponderExcluir
  4. Essa turma do Paulo Roberto estão de parabens.

    ResponderExcluir
  5. Por favor, me respondem uma pergunta...
    Alguém ainda recebe salário-família, pois o meu foi cortado e de muitos outros da Marinha em 1999, pela medida provisória, só que de um tempo para cá houve baracubaco em que quem recebia até 1999, continuaria a receber, somente quem entrasse depois não receberia.
    O Pessoal do exercito e Aéronautica recebem...
    JOSÉ CARLOS
    jcogaucho@ig.com.br

    ResponderExcluir
  6. ALGUÉM PODERIA ME EXPLICAR COMO É FEITO ESTE CALCULO?

    ResponderExcluir
  7. GOSTARIA DE UMA OUTRA EXPLICAÇÃO,REFERENTE AUXILIO MORADIA,SE SOU TRANSFERIDO PARA UMA OUTRA CIDADE ONDE TENHO QUE PAGAR 3 ANOS OU MAIS DE ALUGUEL A UNIÃO NÃO DEVERIA REEMBOLSAR PELO MENOS PARTE DA MINHA DESPESAS.OUTRA PERGUNTA PORQUE NAS CATEGORIAS ESPECIAIS SE RECEBE 20%DE GUARNIÇÃO SE NÃO TENHO COM QUE GASTAR E EM UMA CAPITAL DE SÃO PAULO QUE TUDO É MUITO CARO NÃO HA ESTE DIREITO.

    ResponderExcluir