terça-feira, 2 de abril de 2013

Aos Militares do Quadro Especial das Forças Armadas Brasileira

Marinha, Exército e Aeronáutica
 
Aos nobres amigos militares do Quadro Especial das Forças Armadas e familiares, é de coração com que venho explanar estas palavras, e lhes falar o que todos não querem ouvir, mas infelizmente o meu ver sobre o relator da PL 4373/2012 do Projeto QE, não da pra entender o porquê o Dep Fed Claudio Cajado visitou os Cmts das Três Forças e não visitou as Associações ao qual eles vão estar juntos nos representando como conta no seu próprio pedido de Audiência Pública. Pra começar, foi infeliz o Dep Fed Dr Rosinha e o Dep Fed Bolsonaro em 2012, dizerem que deveria ser uma audiência separada, pra não ter nenhum dos dois lados constrangidos, foram infelizes, pois tornaram uma Audiência Pública em Audiência Privada, separando as Associações e os representantes das três Forças, infelizmente pelo que vejo, a uma discriminação muito grande em relação a ser um MILITAR DO QUADRO ESPECIAL, como se fossemos Duendes ou sei lá, se é que me entendem, esquecem que somos seres humanos, temos famílias, filhos, netos, e estamos a procura de um pai para nos dá apoio, fico muito triste com o que acho que poderá acontecer e não chegar também ao pessoal que estão na reserva, será se não somos merecedores de umas promoções por bons serviços prestados mais de 20 e 30 anos nas Forças Armadas?
 
 
Torço que os boatos sejam verdade sobre tais promoções que podem acontecer a partir de junho, desconheço tal assunto, mas se for verdade, que Deus abençoe aqueles que iram receber.
 
 
Fico triste de saber que existem QEs que torcem contra e ainda criticam aqueles que estão nesta luta, usam nossas próprias palavras contra nós, e se escondem em anonimatos, mas peço também a Deus que não os deixem de fora das promoções, que eu creio que iram vim a acontecer!.
 
 
Agradeço aqueles QEs das três Forças e familiares que tanto mandam mensagens pra mim e me telefonam de todo o Brasil, um grande abraço e ficamos com Deus.
 
 
Fico a disposição dos senhores no meu e-mail: paulorobertouniao@gmail.com, e continuarei com o Blog ao qual está fazendo um grande sucesso, graças a Deus.
 
 
Me calo agora, pois acho que minha parte eu já fiz e deixo na mão de Deus.
 
 
Att: Paulo Roberto - Blogueiro

27 comentários:

  1. Prezado Companheiro Paulo Roberto.

    Irmão não esmoreça, pois a sua voz é de suma importância para a família QE.
    Os cães ladram, mas a caravana passa.
    Vivemos um novo tempo, queira ou não, a nossa voz ultrapassou os muros dos quartéis.
    Nós integrantes do QE nos conscientizamos que precisamos de representação política e essa Audiência Pública foi uma prova da real democracia.
    Independente do que aconteça, agimos honestamente dentro da licitude. É como você diz: A União não ajuda só um, mas a todos.
    Imagine a pressão que o Dep. Claudio Cajado não está sofrendo pela parte contrária a nossa progressão na carreira.
    Mas Deus é o dono do tempo!
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  2. Paulo Roberto...não desista nunca dessa grande batalha, a final de contas vc demostrou ser um grande guerreiro ao defender nossa classe, fique tranquilo, vc tem sempre ao seu lado grandes amigos que te apoiam nessa luta.

    ResponderExcluir
  3. 02 Abr. 2013 - Entrega do Documento final do Grupo de Trabalho ao Senador Paulo Paim (PT/RS)
    Hoje, 02 Abr. 2013, foi entregue ao Senador Paulo Paim o documento gerado pelo Grupo de Trabalho fruto da Audiência Pública realizada no último dia 25 Mar. 2013 na Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, estiveram presentes os representante da Associação de Praças das Forças Armadas (APRAFA), Jair da Silva Santos e Elmalan Nael; e os presidentes da Federação da Família Militar do DF (FAMIL), Cantidio Rosa Dantas; Drº João Pimenta da Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Previdência Social (ASAPREV), da Comissão Nacional QESA Brasil (CNQB), Eduardo Souza Silva; da Associação dos Militares da Reserva, Reformados e Pensionistas das Forças Armadas (AMARP), Genivaldo da Silva; da União Nacional de Esposas de Militares das Forças Armadas (UNEMFA), Ivone Luzardo; da Federação da Família Militar - Mulher/DF (FAMIL Mulher), Rita Deinstmann; e da Confederação Nacional da Família Militar (CONFAMIL), Waldemar da Mouta Campello, a Drª Mirian Deinstmann do PAI do Brasil Mulher e o companheiro de lutas da Causa QESA Henrique Oliveira.
    Veja o site do Senador Paulo Paim no link abaixo:

    http://www.senadorpaim.com.br/galeria-fotos.php?id=186

    Veja as fotos no link abaixo:

    http://www.flickr.com/photos/qesa/sets/72157633154789664/

    Foto: Neivaldo Moraes de Oliveira

    ResponderExcluir
  4. Já conversamos pessoalmente e te falei que o Comandante do Exército está empenhado pessoalmente em fazer de tudo para impedir nossa promoção. Peço a Deus que continue dando forças a você e todos os outros que estão a frente dessa luta, eu, infelizmente, por necessidade da minha família, tenho que ir para reserva e para o meu querido RJ. De lá continuarei a torcer por vocês. FERREIRA

    ResponderExcluir
  5. poderiam votar então como veio da casa civil, já que não tem interesses o tempo ta passando e quase todos os dias estar indo um monte de Qes embora!

    ResponderExcluir
  6. Prezado amigo Paulo, durante décadas estivemos a margem da evolução da força e isso nos afetou profundamente, nossa auto-estima foi abalada por sucessivas derrotas pessoais dentro do Exército, porém te digo que há tempos atrás vivíamos completamente alheios a qualquer forma de reconhecimento,já hoje temos voz ativa, os velhos caducos de Brasília que sempre nos despretigiaram viram a força da democracia, nossos pedidos por valorização e dignidade chegaram na - CASA DO POVO - nós existimos e hoje temos voz nas atitudes destes políticos !!!Lembre-se há dez anos atrás : Quem eram os QEs??? pobres e despretigiados sub-militares, invisivéis por esses quartéis, quando não chamados de cabo-véio, jurunas, o próprio projeto do EB nos trata como semi-alfabetizados ( 4 série) para esses preconceituosos e desinformados Generais somos a ralé da força !!!mesmo assim provocamos duas audiências públicas e já já virá outra redentora , para todo o Brasil saber que somos a classe de trabalhadores mais humilhada deste País!!!Veja a luta das empregadas domésticas; elas tiveram seus direitos garantidos mediante muita luta, companheiro nossa vez irá chegar, é questão de tempo, Deus é justo e não falha!!!! e lembre-se que mesmo derrotados ainda teremos a justiça para recorrer!!!

    ResponderExcluir
  7. Onde escrito - há tempos atrás - leia-se há tempos.

    ResponderExcluir
  8. Prezado Paulo Roberto, como Editor do Site Sociedade Militar temos tomado a sua batalha como exemplo de perseverança e garra. E sabemos muito bem o quanto desgasta se tornar uma pessoas conhecida e estar em uma luta constante como essa, ainda mais sendo militar. Sabemos também, e muito bem, os tipos de constrangimentos e assédios a que você pode ser submetido. Se parasse agora ha poderia contar como vitória as discussões e ter colocado o assunto em pauta nas casas de Brasília, antes ninguém havia conseguido isso.

    É irreversível o aumento da participação dos graduados nas questões de carreira. Quero expressar, em nome de centenas de leitores cadastrados em nossa revista online, o nosso reconhecimento por tudo que você tem feito.

    ResponderExcluir
  9. Prezado Paulo Roberto!
    O primeiro disparo de tiro foi dado por alguns bravos colegas de Santa Maria,RS; com o projeto de promoção dos QEs, através do Dep Fed Paulo Pimenta e posteriormente pelo Sen Paulo Paim. Esses colegas foram punidos e sofrem assédio moral constantemente. Não desista jamais

    ResponderExcluir
  10. Prezado Paulo Roberto!
    Veja que aqui muito como eu estamos solidarios nesta causa mas, saiba que existe muitos mas que por seus motivos não se manifestão mas, com certeza ardi eu seus corações o desejo de ver esse Projeto de Lei se tornar realidade, conto com a sua perseverança pois saiba que muito tenho orado por você e todos que estão nessa lida, que Deus os abençoe!

    ResponderExcluir
  11. pelo amor de deus meuas amigos não vamos desistir agora!!abraços os QEs DE Minas estão rezando...

    ResponderExcluir
  12. Paulo Roberto, conte sempre comigo.

    ResponderExcluir
  13. Prezado Paulo Roberto!
    Aqui em SC e RS, estamos todos solidários com vc nesta causa, não desanime jamais, pois os QEs pessimistas são minorias. Quando a PL 4373-12 vingar saberemos lhe reconhecer como um verdadeiro guerreiro.

    Boa Sorte!

    Sgt QE Cruz - 10 BEC - SC

    ResponderExcluir
  14. so digo ,uma coisa ; militar no poder nunca mais , meu voto, nem no sonho, fora bolsanaro

    ResponderExcluir
  15. bolsanaro, um oficial vestido de praça ou lobo mau se passando por chapeuzinho vermelho, agora voce botou a cara , lhe aguardo nas eleições , na porta do primeiro dn.

    ResponderExcluir
  16. aio de 2013, o que se segue:
    1. Efetivo total dos 3º sgt QE da ativa da área desse comando, especificando o ano de promoção a 3º Sgt QE, a origem (Cb ou Taif) e o número total de militares promovidos.

    2. Efetivo total dos 3º Sgt Qe inativos, bem como os que instituíram pensionistas.
    3. Efetivos dos 3º Sgt QE oriundos de taifeiros por ano de promoção a QE e data de praça."

    Por ordem do chefe do Departamento Geral do Pessoal



    eles estão tentando realizar a operação administrativa com urgência na tentativa de atrapalhar o seguimento das emendas ao PL 4373/2012, onde se percebe a possível conivência do Dep Rel claudio Cajado. Não podemos permitir que não seja aprovadas as emendas, é hora do sacrifício pessoal, vamos mandar muitos, vários, milhares de mensagens de todos os tipos para todos os deputados e senadores e associações para mobilizarmos com muita força o apoio as emendas ao PL 4373/2012, mas precisamos correr muito. Pois os comandantes militares já estão adiantadamente articulados com a estratégia de barrar o avanço das emendas. Para quem está distante é com mensagens, mas para quem está em Brasília Dep PAULO PIMENTA TEM DE TER O CORPO A CORPO FERRENHO, FORTE E EFICIENTE. Sabemos de tudo o que fez, e sabemos que fará mais ainda para garantir o êxito e vitória de nossa tão humilhada e esquecida classe. ajude a convocar os apoiadores para que esses também façam o mesmo.

    Obrigado e vamos à luta......

    Responder

    Anônimo24 de abril de 2013 06:51
    Que coisa mais esquisita esta. Inativos, pensionistas...Qes oriundos de taifeiros???ano de promoção e data de praça? Olhe bem, diferença entre QEs(QMP/QMG) data de promoção e data de praça? (vai contra as emendas apresentadas)Atenção!!! Dep Pimenta, olho vivo no Cajado!

    Responder

    Anônimo24 de abril de 2013 08:25
    Como pode o salário familia nosso ser de R$0,16 (dezesseis centavos) um absurdo enquanto aqui pro civil é muito mais.

    Responder

    Anônimo24 de abril de 2013 09:00
    BORA CAMBADA DE QE!!! VAMOS! MOBILIZAÇÃO JÁ!!! TÁ MAIS DO QUE NA HORA!!! MEXAM-SE!!! ESTÃO TENTANDO NOS PASSAR A PERNA NOS BASTIDORES!!! CORRE!! VAMOS LÁ BLOGUEIROS!!! VAMOS LÁ DEPUTADOS SOLIDÁRIOS!! VAMOS LÁ FAMILIARES!!! VAMOS LÁ SIMPATIZANTES!!!! ABAIXOS ASSINADOS!!! MANIFESTAÇÕES!!!! MEXAM-SE!!!! CORRE! É PRA ONTEM!!!! ACIONEM A TODOS! ACORDEM, QUEREM BURLAR NOSSAS EMENDAS!!! NÃO PERMITAM!!! VOC~ES CONSEGUEM!!!

    Responder

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cooncordo com vc devemos nao mobilizar somentes os militares mas tbm a todos em redor precisamos que neste momento ha um uniao verdadeira entre as forcas armadas sabemos que nunca existiu mas acho que devemos tentar reuniar cabos soldados oficiais e suboficiais

      Excluir
  17. VIRAM: É SÓ SE MOBILIZAR! ENTÃO SE MEXAM PESSOAL! NÃO FIQUEM PARADOS, ANDEM!
    VEJAM ABAIXO:



    CÂMARA DOS DEPUTADOS
    REQUERIMENTO Nº , DE 2013
    (Do Sr. Raul Lima)
    Requer a inclusão na Ordem do Dia do
    Projeto de Lei 4373 de 2012, que
    Extingue o Quadro Especial de
    Terceiros-Sargentos do Exército, cria o
    Quadro Especial de Terceiros-
    Sargentos e Segundos-Sargentos do
    Exército e dispõe sobre a promoção de
    soldados estabilizados à graduação de
    cabo.
    Senhor Presidente,
    Nos termos do artigo 114, inciso XIV, do Regimento Interno da Câmara dos
    Deputados, requeiro a Vossa Excelência à inclusão na Ordem do Projeto de Lei 4373
    de 2012, que “Extingue o Quadro Especial de Terceiros-Sargentos do Exército, cria o
    Quadro Especial de Terceiros-Sargentos e Segundos-Sargentos do Exército e dispõe
    sobre a promoção de soldados estabilizados à graduação de cabo”. Esta solicitação se da
    pela relevante importância da matéria.
    Sala das Sessões, de abril de 2013
    Deputado RAUL LIMA
    PSD/RR

    ResponderExcluir
  18. digo aos companheiros Deus seja com seus filhos pois ele e quem maneja a espada da justiça queira ou o homem Deus faz a sua justiça conforme seu carater e o carater de Deus não e como o trigo ao vento que hora vai para um lado hora vai para o outro lado o carater de Deus e um so e sim sim . não não então que esteja em suas mãos estes quem jugão as questões , que se jugarem errado o justo que Deus o jugue de acordo com seu carater!!!!!

    ResponderExcluir
  19. JUÍZES 6
    Um anjo fala com Gideão
    11 Então o anjo do SENHOR veio, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o salvar dos midianitas.
    12 Então o anjo do SENHOR lhe apareceu, e lhe disse: O SENHOR é contigo, homem valoroso.
    13 Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o SENHOR é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o SENHOR subir do Egito? Porém agora o SENHOR nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas.
    14 Então o SENHOR olhou para ele, e disse: Vai nesta tua força, e livrarás a Israel das mãos dos midianitas; porventura não te enviei eu?
    15 E ele lhe disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai.
    16 E o SENHOR lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem.
    17 E ele disse: Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és tu que falas comigo.
    18 Rogo-te que daqui não te apartes, até que eu volte e traga o meu presente, e o ponha perante ti. E disse: Eu esperarei até que voltes.
    19 E entrou Gideão e preparou um cabrito e pães ázimos de um efa de farinha; a carne pôs num cesto e o caldo pôs numa panela; e trouxe-lho até debaixo do carvalho, e lho ofereceu.
    20 Porém o anjo de Deus lhe disse: Toma a carne e os pães ázimos, e põe-nos sobre esta penha e derrama-lhe o caldo. E assim fez.
    21 E o anjo do SENHOR estendeu a ponta do cajado, que estava na sua mão, e tocou a carne e os pães ázimos; então subiu o fogo da penha, e consumiu a carne e os pães ázimos; e o anjo do SENHOR desapareceu de seus olhos.

    ResponderExcluir
  20. JUÍZES 6
    22 Então viu Gideão que era o anjo do SENHOR e disse: Ah, Senhor DEUS, pois vi o anjo do SENHOR face a face.
    23 Porém o SENHOR lhe disse: Paz seja contigo; não temas; não morrerás.
    24 Então Gideão edificou ali um altar ao SENHOR, e chamou-lhe: O SENHOR É PAZ; e ainda até o dia de hoje está em Ofra dos abiezritas.
    25 E aconteceu naquela mesma noite, que o SENHOR lhe disse: Toma o boi que pertence a teu pai, a saber, o segundo boi de sete anos, e derruba o altar de Baal, que é de teu pai; e corta o bosque que está ao pé dele.
    26 E edifica ao SENHOR teu Deus um altar no cume deste lugar forte, num lugar conveniente; e toma o segundo boi, e o oferecerás em holocausto com a lenha que cortares do bosque.
    27 Então Gideão tomou dez homens dentre os seus servos, e fez como o SENHOR lhe dissera; e sucedeu que, temendo ele a casa de seu pai, e os homens daquela cidade, não o fez de dia, mas fê-lo de noite.
    28 Levantando-se, pois, os homens daquela cidade, de madrugada, eis que estava o altar de Baal derrubado, e o bosque estava ao pé dele, cortado; e o segundo boi oferecido no altar que fora edificado.
    29 E uns aos outros disseram: Quem fez esta coisa? E, esquadrinhando, e inquirindo, disseram: Gideão, o filho de Joás, fez esta coisa.
    30 Então os homens daquela cidade disseram a Joás: Tira para fora a teu filho; para que morra; pois derribou o altar de Baal, e cortou o bosque que estava ao pé dele.
    31 Porém Joás disse a todos os que se puseram contra ele: Contendereis vós por Baal? Livrá-lo-eis vós? Qualquer que por ele contender ainda esta manhã será morto; se é deus, por si mesmo contenda; pois derrubaram o seu altar.
    32 Por isso naquele dia lhe chamaram Jerubaal, dizendo: Baal contenda contra ele, pois derrubou o seu altar.

    ResponderExcluir
  21. CAPÍTULO 7
    Gideão com trezentos homens, vence os midianitas
    1 ENTÃO Jerubaal (que é Gideão) se levantou de madrugada, e todo o povo que com ele havia, e se acamparam junto à fonte de Harode, de maneira que tinha o arraial dos midianitas para o norte, no vale, perto do outeiro de Moré.
    2 E disse o SENHOR a Gideão: Muito é o povo que está contigo, para eu dar aos midianitas em sua mão; a fim de que Israel não se glorie contra mim, dizendo: A minha mão me livrou.
    3 Agora, pois, apregoa aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for medroso e tímido, volte, e retire-se apressadamente das montanhas de Gileade. Então voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram.
    JUÍZES 7
    4 E disse o SENHOR a Gideão: Ainda há muito povo; faze-os descer às águas, e ali os provarei; e será que, daquele de que eu te disser: Este irá contigo, esse contigo irá; porém de todo aquele, de que eu te disser: Este não irá contigo, esse não irá.
    5 E fez descer o povo às águas. Então o SENHOR disse a Gideão: Qualquer que lamber as águas com a sua língua, como as lambe o cão, esse porás à parte; como também a todo aquele que se abaixar de joelhos a beber.
    6 E foi o número dos que lamberam, levando a mão à boca, trezentos homens; e todo o restante do povo se abaixou de joelhos a beber as águas.
    7 E disse o SENHOR a Gideão: Com estes trezentos homens que lamberam as águas vos livrarei, e darei os midianitas na tua mão; portanto, todos os demais se retirem, cada um ao seu lugar.
    8 E o povo tomou na sua mão a provisão e as suas buzinas, e enviou a todos os outros homens de Israel cada um à sua tenda, porém os trezentos homens reteve; e estava o arraial dos midianitas embaixo, no vale.
    9 E sucedeu que, naquela mesma noite, o SENHOR lhe disse: Levanta-te, e desce ao arraial, porque o tenho dado na tua mão.
    10 E, se ainda temes descer, desce tu e teu moço Purá, ao arraial;
    11 E ouvirás o que dizem, e então, fortalecidas as tuas mãos descerás ao arraial. Então desceu ele com o seu moço Purá até ao extremo das sentinelas que estavam no arraial.
    12 E os midianitas, os amalequitas, e todos os filhos do oriente jaziam no vale como gafanhotos em multidão; e eram inumeráveis os seus camelos, como a areia que há na praia do mar.
    13 Chegando, pois, Gideão, eis que estava contando um homem ao seu companheiro um sonho, e dizia: Eis que tive um sonho, eis que um pão de cevada torrado rodava pelo arraial dos midianitas, e chegava até à tenda, e a feriu, e caiu, e a transtornou de cima para baixo; e ficou caída.
    14 E respondeu o seu companheiro, e disse: Não é isto outra coisa, senão a espada de Gideão, filho de Joás, varão israelita. Deus tem dado na sua mão aos midianitas, e todo este arraial.

    ResponderExcluir
  22. UÍZES 7
    15 E sucedeu que, ouvindo Gideão a narração deste sonho, e a sua explicação, adorou; e voltou ao arraial de Israel, e disse: Levantai-vos, porque o SENHOR tem dado o arraial dos midianitas nas nossas mãos.
    16 Então dividiu os trezentos homens em três companhias; e deu-lhes a cada um, nas suas mãos, buzinas, e cântaros vazios, com tochas neles acesas.
    17 E disse-lhes: Olhai para mim, e fazei como eu fizer; e eis que, chegando eu à extremidade do arraial, será que, como eu fizer, assim fareis vós.
    18 Tocando eu a buzina, eu e todos os que comigo estiverem, então também vós tocareis a buzina ao redor de todo o arraial, e direis: Espada do SENHOR, e de Gideão.
    19 Chegou, pois, Gideão, e os cem homens que com ele iam, ao extremo do arraial, ao princípio da vigília da meia noite, havendo sido de pouco trocadas as guardas; então tocaram as buzinas, e quebraram os cântaros, que tinham nas mãos.
    20 Assim tocaram as três companhias as buzinas, e quebraram os cântaros; e tinham nas suas mãos esquerdas as tochas acesas, e nas suas mãos direitas as buzinas, para tocarem, e clamaram: Espada do SENHOR, e de Gideão.
    21 E conservou-se cada um no seu lugar ao redor do arraial; então todo o exército pôs-se a correr e, gritando, fugiu.
    22 Tocando, pois, os trezentos as buzinas, o SENHOR tornou a espada de um contra o outro, e isto em todo o arraial, que fugiu para Zererá, até Bete-Sita, até aos limites de Abel-Meolá, acima de Tabate.
    23 Então os homens de Israel, de Naftali, de Aser e de todo o Manassés foram convocados, e perseguiram aos midianitas.
    24 Também Gideão enviou mensageiros a todas as montanhas de Efraim, dizendo: Descei ao encontro dos midianitas, e tomai-lhes as águas até Bete-Bara, e também o Jordão. Convocados, pois, todos os homens de Efraim, tomaram-lhes as águas até Bete-Bara e o Jordão.
    25 E prenderam a dois príncipes dos midianitas, a Orebe e a Zeebe; e mataram a Orebe na penha de Orebe, e a Zeebe mataram no lagar de Zeebe, e perseguiram aos midianitas; e trouxeram as cabeças de Orebe e de Zeebe a Gideão, além do Jordão.

    ResponderExcluir
  23. então caros amigos quero les dizer que não foi a mão de homens que nos permitiram chegarmos onde estamos e se e de sua vontade que cheguemos mais longe tenhão certeza que chegaremos pois se Deus e com nosco nada nem ninguem sera contra !!!!!!!

    ResponderExcluir
  24. Prezado Paulo Roberto

    Nós (militares) guardiões da democracia, exemplo de dedicação à Pátria; deveríamos dar o exemplo e sermos exemplo de civilidade; contudo, o que vejo são pessoas que falam e cobram mais não o faz; por que não posso crescer profissionalmente??? Por que não tenho o direito de pleitear uma melhoria de vida para mim e minha família??? Isso é agir contra a Instituição a que pertenço??? Exercer um direito legal que consta na Carta Magna, a qual eu jurei defender!

    Não queremos brigar, não queremos tirar nada de ninguém, só queremos o direito que todo cidadão brasileiro tem; o direito de dar uma vida mais digna a nossos filhos.

    Movimentações estão ocorrendo com o intuito de mudar o estatuto dos militares e prejudicar ainda mais os QE; a idade limite será (de acordo minuta) diminuída; com isso, eu não serei promovido a 2ºSG por causa da idade; só que quando eu entrei a regra era outra; isso ocorre agora por que? Pressão pelos itens àcima citados estarem sendo buscados (justiça social).

    Não devemos desistir, não devemos nos acovardar, afinal, não estamos e não queremos lutar contra nossa casa (instituição) só queremos ser amados por ela, assim como nós a amamos.

    CB QESM MB

    ResponderExcluir
  25. Caro Paulo roberto, quando saiu o primeiro projeto 4373/2012 ficamos muito entusiasmados, Por que estipulava o tempo de serviço para promoção chegando até Sub-Oficial na reserva. Infelizmente com esta substituição ficamos desanimados, visto que, a MARINHA DO BRASIL não apoia os seus, e muitos amigos tem ido para casa como Cabo e 3º Sgto. Meu esposo e muitos de seus companheiros tem sido taxados de "marginais" ( isto por que com o primeiro projeto eles chegariam a 1º Sgt com 28 anos de serviços prestados à Marinha chegando ao cargo primeiro do que os que já possuem plano de carreira que ainda são 3º Sgt). A Marinha não apoia o QE. Estamos esquecidos. Nossos esposos tem uma rotina estressante, muitas das vezes ficam ausentes da família, não acompanham a vida dos filhos, e no fim de tudo não recebem o valor que merecem tanto financeiramente como profissionalmente.
    Meu esposo já tem 25 anos na MARINHA DO BRASIL e ele tem orgulho de servir ao seu País.
    Estamos pedindo somente o que nos é devido, e neste primeiro projeto 4373/2012 está mais especificado e nos faz acreditar que seremos um dia reconhecidos.
    Desde já agradeço o apoio e a luta pelos militares e que Deus continue a iluminar os seus pensamentos e propósitos.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir