sexta-feira, 5 de julho de 2013

MILITARES. Reajuste de 15% já foi devorado pela inflação.

Os militares federais, que esperaram em vão que o governo federal lhe concedesse um reajuste que pelo menos repusesse as perdas ocorridas desde a última “reposição”,  conseguiram um reajuste parcelado de apenas 15,8%. Mas o aumento já chegou corroído, e praticamente - mesmo antes de chegarem todas as parcelas - já desapareceu em meio ao excesso de reajuste de preços ocorridos nos últimos anos do governo do PT. Ontem o IBGE divulgou alguns dados importantes, a inflação dos últimos 12 meses ficou em torno de 6.77%, segundo o site reajuste.info.  
   Em termos práticos uma inflação de 6,77% significa que as famílias terão que deixar de consumir todos os meses alguma coisa importante. Um primeiro sargento do exército, que recebe em torno de R$ 4.000 reais, terá que deixar de comprar o equivalente a R$ 270, ou seja, menos 10 quilos de carne e 30 caixas de leite na mesa da família. 
   Ha de se considerar que existem diversas formas de se "medir " a inflação. Só no mês de abril de 2013, pelo (IPCA) índice de preços ao consumidor amplo, que mede a inflação de forma mais específica, a alta sentida nos domicílios foram de 1.1%. Os idosos, que normalmente tem um gasto bem significativo com remédios, tem sofrido bastante, em abril a alta nas farmácias ficou por volta de 2.99%.
    O governo já anunciou que haverá redução de gastos, e que não vai realizá-los nos serviços sociais distribuídos. Portanto, o funcionalismo público pode entender isso como uma antevisão de tempos complicados, e que mais uma vez será penalizado pelas decisões da equipe econômico, já que há sempre esperança de negociar uma reposição para o início do ano. O pagamento dos tão esperados 28% também corre o risco de mais uma vez ser colocado no fim da fila de prioridades do governo federal.



2 comentários:

  1. Como eu disse no meu blog do portal militar esse reajuste parcelado não compensará nem as perdas com a inflação. Leia meus artigos e posts em http://www.militar.com.br/perfil-de-teotonio2

    ResponderExcluir
  2. Verdade concordo plenamente com você, se depender do Governo do PT vamos passar fome eu nem sei mais o que comprar, porque sou Cb e tenho família já cortei tudo agora vamos cortar o que? sera que o Pescoço? uma Vergonha esse Governo,, mais acredito que no próximo ano vai perder as eleições acredito eu aqui na minha cidade pouco votaria no PT. abraços aos militares vamos abrir os olhos porque a cobra esta se movimentando. abraços

    ResponderExcluir