domingo, 14 de julho de 2013

SEM RODEIO, ESTA É A REAL SITUAÇÃO DO PROJETO QE NO MOMENTO

Publico mais uma vez:
Deixo aqui o comentário mais LÓGICO para a família QE sobre o relatório do Deputado Fed Cláudio Cajado.

Esta novela ainda não acabou.

1°) Verifico que o Deputado acrescenta o Art. 7-A a Lei n° 12.158, de 2009, que trata exclusivamente sobre o Quadro de taifeiros da FAB, concedendo a inclusão dos Cb e Sgt QESA a terem o direito a promoção até SO, entretanto, vejo que essa alteração da lei n° 12.158/09 sendo realizada por meio do Projeto de lei n° 4373/2012 – que trata somente dos Cb, Sd e Sgt do Quadro Especial do Exército, salvo melhor juízo, é INCONSTITUCIONAL, pois, se vc se lembrarem o Deputado Paulo Pimenta por meio do Projeto de Lei n° 5159/2009, onde eu inclusive participei da reunião na comissão de Legislação Participativa, ele deu entrada num projeto que levaria os Cb e Sgt QE a graduação de ST, sendo INDEFERIDO por contrariar o Art. 61, § 1°, inciso II, alínea “f”, da CF 88. (transcrito abaixo):
CF 88 –  Das Leis

Art. 61. A iniciativa das leis complementares e ordinárias cabe a qualquer membro ou Comissão da Câmara dos Deputados, do Senado Federal ou do Congresso Nacional, ao Presidente da República, ao Supremo Tribunal Federal, aos Tribunais Superiores, ao Procurador-Geral da República e aos cidadãos, na forma e nos casos previstos nesta Constituição.

§ 1º - São de iniciativa privativa do Presidente da República as leis que:
II - disponham sobre:
f) militares das Forças Armadas, seu regime jurídico, provimento de cargos, promoções, estabilidade, remuneração, reforma e transferência para a reserva. (Incluída pela Emenda Constitucional nº 18, de 1998).

Regimento Interno da Câmara dos Deputados.

Capítulo II Do Recebimento e da Distribuição das Proposições.

Art. 137. Toda proposição recebida pela Mesa será numerada, datada, despachada às Comissões competentes e publicada no Diário da Câmara dos Deputados e em avulsos, para serem distribuídos aos Deputados, às Lideranças e Comissões.


§ 1º Além do que estabelece o art. 125, a Presidência devolverá ao Autor qualquer proposição que:

II – versar sobre matéria:

b) evidentemente inconstitucional;

2°) O Senador Paulo Paim também apresentou um Projeto de lei idêntico no Senado Federal de n° 204/2009, embora esteja ainda em tramitação, deve-se considerar o Despacho de INDEFERIMENTO proferido pelo então Senador Demóstenes Torres, por contrariar o mesmo amparo da CF 88, acima transcrito.

3°) O Deputado Cajado também no seu relatório inclui o § único ao Art. 62 do E/1 – Estatuto dos Militares, onde este originalmente diz que não haverá promoção de militar na inatividade, entretanto, no novo texto (§ único ) ele diz que poderíamos nós militares da inatividade e pensionistas a terem direito a promoção a graduação até a ST/SO, contudo, no seu mesmo relatório, ele se contradiz, pois, no Art. 10° ele relata que a promoção só seria concedida até a promoção de 2° Sargento.

- Por fim vejo que esse relatório é totalmente dúbio, com várias interpretações, é como se ele tivesse apenas a obrigação de fazer o seu relatório e não fazer um relatório embasado com coerência jurídica, e sobre tudo, embora tenha a intenção de agradar os militares da aeronáutica, que para mim não traria problema, mas, se essa alteração fosse incluída inicialmente pelo MD/Presidência da República, pois, essa alteração vai cair na mesma situação do Dep Paulo Pimenta e Senador Paulo Paim, serem levados a inconstitucionalidade e até prejudicar o nosso projeto.

- Só para lembrar a Força Aérea encaminhou por meio do MD/Presidência o Projeto de Lei que cria o Quadro de Oficiais de Apoio, onde na Câmara dos Deputados foi indevidamente incluída uma EMENDA ADITIVA incluindo dos SGT dos QESA, sendo retirado no Senado, por que isso, por que é inconstitucional, não tinha sido encaminhado pelo Poder Executivo, de acordo com o que preconiza o Art 61 da CF 88.

LEI Nº 12.797, DE 4 DE ABRIL DE 2013.

Dispõe sobre a criação do Quadro de Oficiais de Apoio - QOAp no Corpo de Oficiais da Ativa do Comando da Aeronáutica e dá outras providências.

Espero não ter agredido ninguém com essas palavras, foi o meu entendimento sobre o relatórii do Dep Cajado.

 Sgt Mororó.

43 comentários:

  1. - Companheiros do quadro especial do exército, verifico que os militares do QESA, querem mais que seus braços podem alcançar, o pior momento de nosso projeto foi quando incluímos esses militares da Aeronáutica em nosso projeto. Um bando de gananciósos que não tem nenhuma estratégia política.

    ResponderExcluir
  2. Você foi bem claro na sua analise

    ResponderExcluir
  3. 3ºSgt QE EB anonimo, a questão é que o projeto já nasceu morto, o pessoal das outras forças são mais unidos do que os do EB, não é segredo pra ninguém a forma que somos tratados, o rotulo, etc..., faltam quatro anos para eu ir para a reserva, não vou nem olhar para trás, naquele dia. agradeço a Deus e a raríssimas e honrosas exceções, que foram dignos de serem chamados camaradas.
    Parabéns ao pessoal da FAB, Marinha, pela união, visão, organização, este Blog é de grande valia como ferramenta de informação, não conheço ninguém do EB que teve esta iniciativa, (digo QE), torço que vocês da FA e Marinha sejam contemplados em seus anseios, quanto a mim do QE do EB já conquistei minha promoção, assim que for transferido para a reserva vou dirigir um coletivo urbano e acrescentar em minha renda mais 1600,00, vou quase receber como ST, viu, serei promovido, enquanto isso gozarei os últimos momentos da hipocrisia da caserna, recebendo uns tapinhas nas costas, uns elogios como: o que será do EB quando não houver mais os QE. ( vai que cola). Deus os abençoe!!!!

    ResponderExcluir
  4. Sobre a parte que diz "dispõe sobre a promoção de soldados estabilizados à graduação de cabo".

    Art.4º Os soldados com estabilidade assegurada concorrerão à promoção a cabo do Quadro Especial de Cabos e Sargentos do Exército pelo critério de antiguidade, desde que possuam, no mínimo, quinze anos de efetivo serviço e satisfaçam os requisitos para promoção a serem estabelecidos no regulamento desta Lei.

    Sendo dito nesta PL que os Soldados que concorrerão a este benefício serão somente os que ingressaram por meio de concurso público, serão só soldados do EB ou das Forças Armadas?

    ResponderExcluir
  5. Deputado Leonardo Gadelha
    EMENDA SUPRESSIVA N. , DE 2013
    Suprima-se o art. 6º do Substitutivo ao Projeto de Lei n. 4.373, de 2012.
    JUSTIFICATIVA
    O planejamento da carreira de oficiais e praças é atribuição de cada uma
    das Forças Singulares, nos termos do que dispõe o parágrafo único do art. 59
    da Lei n. 6.880, de 9 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares) e o art. 4º
    da Lei Complementar n. 97, de 9 de junho de 1999, que reforça a proposta de
    independência na direção e na gestão de cada Força Singular. Quando
    comparados os militares das três Forças Singulares, é manifesta a diferença
    entre os integrantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, o que resulta
    em carreiras distintas, com formações, finalidades e organizações próprias.
    Sala das Comissões, de de 2013.
    Deputado Leonardo Gadelha

    ResponderExcluir
  6. Deputado Leonardo Gadelha
    EMENDA SUPRESSIVA N. de 2013
    Suprima-se o art. 7º do Substitutivo ao Projeto de Lei n. 4.373, de 2012.
    JUSTIFICATIVA
    O planejamento da carreira de oficiais e praças é atribuição de cada uma
    das Forças Singulares, nos termos do que dispõe o parágrafo único do art. 59
    da Lei n. 6.880, de 9 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares) e o art. 4º
    da Lei Complementar n. 97, de 9 de junho de 1999, que reforça a proposta de
    independência na direção e na gestão de cada Força Singular. Quando
    comparados os militares das três Forças Singulares, é manifesta a diferença
    entre os integrantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, o que resulta
    em carreiras distintas, com formações, finalidades e organizações próprias.
    Sala das Comissões, de de 2013.
    Deputado Leonardo Gadelha

    ResponderExcluir
  7. Deputado Leonardo Gadelha
    EMENDA SUPRESSIVA N. DE 2013
    Suprima-se o art. 8º do Substitutivo ao Projeto de Lei n. 4.373, de 2012.
    JUSTIFICATIVA
    O planejamento da carreira de oficiais e praças é atribuição de cada uma
    das Forças Singulares, nos termos do que dispõe o parágrafo único do art. 59
    da Lei n. 6.880, de 9 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares) e o art. 4º
    da Lei Complementar n. 97, de 9 de junho de 1999, que reforça a proposta de
    independência na direção e na gestão de cada Força Singular. Quando
    comparados os militares das três Forças Singulares, é manifesta a diferença
    entre os integrantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, o que resulta
    em carreiras distintas, com formações, finalidades e organizações próprias.
    Sala das Comissões, de de 2013.
    Deputado Leonardo Gadelha
    2013.16820.Leonardo Gadelha.260

    ResponderExcluir
  8. caro amigo: Voces saber qual e o prazo para essa lei
    ser aprovada, pL 4373, sera que ainda este ano sai,e quanto
    tempo, para sai, 2 Sgt QE.

    ResponderExcluir
  9. MUITA PALHAÇADA! ESTÃO ENROLANDO E VÃO APENAS NOS ENGANAR, NÃO ESTÃO VENDO? CADÊ O PAULO PIMENTA, A KOKAI, A PERPÉTUA COMA AS EMENDAS PARA NOS PROMOVEREM!!! CHEGA DESSES CANALHAS TIPO O BOLSONARO E ESSE LIXO DO CAJADO!!! QUERO ATITUDE, POIS MEU VOTO E OS INÚMEROS CONHECIDOS MEUS VÃO RUMAR PARA OUTRO LADO!!! E ACHO QUE TA FALTANDO MAIS MOBILIZAÇÃO AÍ!!! EU NÃO SOU NINGUÉM, MAS QUEM TEM CONTATO E ACESSO AÍ TEM DE BRIGAR!! TA ACABANDO O PRAZO E SÓ EMENDAS PARA NOS FERRAR!!! CADÊ AS EMENDAS PARA NOS AJUDAREM, CADÊ OS NOSSOS DEP. QUE NOS AJUDAM!!! COBREM JÁ!!!! PRESSÃO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voce esta cometendo uma injustiça colega! Não cometa a injustiça que foi cometida contra nós do QE, julgar todos por um,ou, por dois no caso. Se alguém tem culpa nesta estória, somos nós QE do EB,pela falta de união e respeito próprio.

      Excluir
    2. § 6º Para promoção à graduação de terceiro – sargento da ativa será exigido o grau de escolaridade mínimo do ensino fundamental ou equivalente e para a promoção à graduação de segundo sargento da ativa, o grau de escolaridade mínimo do ensino médio ou equivalente, conforme dispuser o regulamento desta Lei.

      Solicito retirar este paragrafo, sendo exigido somente o Ensino Fundamental (1º Grau).

      Excluir
    3. Fala sério!!! Tem que ter 2º Grau mesmo!!!!

      Excluir
    4. concordo plenamente com o companheiro, tem que ter o segundo grau.

      Excluir
    5. que falta de união, se Deus quiser essa PL vai ser arquivada, ai quero ver o que tu vai fazer com o teu 2º grau

      Excluir
  10. O QUE MAIS DEIXA OS QE INDIGNADOS, É QUE SABEMOS QUE É POSSÍVEL FAZER O PROJETO NOS PERMITIR SERMOS PROMOVIDOS SIM!!! É POSSÍVEL!! MAS NÃO QUEREM, E POR EGO !!!! ISSO REVOLTA!!! SABEMOS QUE É POSSÍVEL!!! BASTA QUE OS DEPUTADOS CERTOS, COM OS EMBASAMENTOS JURÍDICOS, CORRETOE E DEVIDAMENTE AMPARADOS, ENVIEM AS EMENDAS CORRETAS, E AFASTEM OS DEP QUE QUEREM NOS PREJUDICAR, A MANDA DOS GENERAIS E DO BOLSONARO!!! ACORDEM!!! QUEM QUER O APOIO DOS QE, FAMILIARES E SIMPATIZANTES O PT E ALIADOS, OU A OPOSIÇÃO? PARECE QUE A PRIMEIRA OPÇÃO!! ENTÃO POR QUÊ A DEMORA EM RESOLVER ISSO?
    POR QUÊ A ENROLAÇÃO E TENTAR DESQUALIFICAR O PROJETO EM DEP CAJADO? VAI PERDER MILHARES DE VOTOS COM ESSA ATITUDE MESQUINHA!!! QUERO VERM QUEM VAI RECEBER ESSES MILHARES DE VOTOS, POIS QUEM CONSEGUIR NOS PROMOVER TERÁ NOSSO VOTO SIM"""

    ResponderExcluir
  11. O Projeto está demorando porque muitos estão querendo dar o "passo maior que a perna". Temos que abraçar logo essa promoção a 2º Sgt e parar de ficar brigando pela promoção a Subtenente. Tem colega reclamando do 2º Grau. Fala sério!!!! Tem que ter um safarro mesmo, incentivar esse povo a voltar a estudar, tem supletivo com prazo de 6 meses, vamos levantar a "bunda" do sofá e voltar à escola!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, Sgt Marcos, concordo contigo. Só não estuda quem não quer.Hoje em dia quem não tem pelo menos o Ensino Médio (2º Grau), pra sociedade é considerado analfabeto. Vamos lá QEzada, voltem pra sala de aula!!

      Excluir
    2. a EsSA a pouco tempo éra ensino fundamental e ai, ...

      Excluir
  12. BANDO DE ENCAGAÇADOS !!!! FICAM FAZENDO COMENTÁRIO IDIOTAS EM BLOGS MAS NA HORA DE CAIR EM CAMPO, DE IR AOS GABINETES DOS DEPUTADOS, DE BRIGAR FICAM MORRENDO DE MEDO, MESMO SABENDO QUE NÃO TEM MAI NADA A PERDER, DE VER QUE A RESERVA SE APROXIMA SEM NENHUMA PERSPECTIVA. SE VOCÊS NÃO TEM NADA MAIS INTERESSANTE PARA FAZER PAREM DE FAZER COMENTÁRIOS IMBECIS E ACEITEM O QUE FOI DADO PORQUE É MUITO MAIS DO QUE MERECEM, PRINCIPALMENTE OS QUE FICAM RECLAMANDO E NADA FAZEM.

    ResponderExcluir
  13. QUE VOCÊS QUEREM? PROMOÇÃO A SUB, PORQUE ENTÃO QUANDO PRECISAMOS DE MILHARES DE LIGAÇÕES APOIANDO O PROJETO MAL CONSEGUIMOS DUAS MIL? FIQUEM FELIZ SE SAIR A SEGUNDO QUE PENSO QUE ATÉ ESSA JÁ ESTÁ CORRENDO RISCO. O QUE ADIANTA FICAR AFUNDANDO CAMINHO, TOMANDO PORTA NA CARA, FICAR MENDIGANDO DE PORTA EM PORTA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS POR UMA CLASSE DESUNIDA COMO ÉSSA, E VOCÊ PAULO, SE ACHA QUE VAI SER ELEITO PELOS SEU PARCEIROS, ESQUEÇA, SÃO DESUNIDOS, INVEJOSOS, JAMAIS TERIAM A HUMILDADE DE VER UM COMPANHEIRO DE FARDA ENVERGANDO UM TÍTULO DE PARLAMENTAR.

    ResponderExcluir
  14. Não é questão de ser imbecil, covarde ou encagaçado, ou o que seja. Acontece que o pessoal QE é uma classe trabalhadora e ao mesmo tempo sofredora, mais que os demais militares (carreira), não temos direito a transferença ou promoções. Nós só aprendemos a cumprir ordens e fazer o nosso melhor, e mt bem feito. Se hoje estamos na força, foi porque prestamos um excelente serviço, e nossos cmts viram isso. Somos da época do SIM SENHOR, NÃO SENHOR e QUERO IR EMBORA. Nossos cmts sempre nos disseram que quem não estiver satisfeito que pedisse o Art 150 (demissão).

    Somos brasileiros acostumados a receber liberdade sem conquistá-la. Exemplo disso foi a Lei Áurea. Os negros receberam a liberdade sem luta, eles não sabiam fazer outra coisa, a não ser trabalhar.

    Com os QEs existem alguma diferença?
    Se o relator Dep Fed Claudio Cajado não nos ajudar o q poderemos fazer? se alguém souber nos fale.

    Se a força não é o poder, então o poder é a força. Palavras do ex-presidente Nelson Mandela.

    ResponderExcluir
  15. PELO QUE VEJO AQUI NA OM, DOS 17 QEs, somente dez possuem a escolaridade exigida.
    Imaginem no Norte e Nordeste do Brasil que é tudo muito mais dificil para nossos amigos?
    Quando tem escola, ou é muito longe, ou não tem vaga.
    Tenho nïvel superior, mas acho que deveriam manter somente o ensino fundamental, pois, se não for assim provavelmente a metade ficará de fora da merecida promoção.
    NÃO LEMBRO DE TER LIDO NO PROJETO ORIGINAL QUE SAIU DO MD, TAL EXIGÊNCIA. Acho que não tinha...por qual motivo o Relator inseriu a cláusula?
    Serà que é um jogo de números? Com tantos QEs sem 2 grau na ativa, é possivel incluir o pessoal da reserva, pois uma coisa compensa a outra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo amor de Deus parceiro, com o advento de tanta tecologia se você quiser mesmo está em MARTE pode estudar, do fundamental até o superior então, não me venha com desculpas esfarrapdas, não estuda e não estudou quem não quer e quem não quis, acomodados isso é o que são

      Excluir
  16. fé em quem fas em quem ta correndo pelos corredores do senado e camara pedindo ou melhor mendingando a esses arrogantes politicos por essa maravilhosa classe desunida que se chama QE, pois ao inves de somarem só mando mençagem descordando e fasendo piadinhas de mau gosto (vão tomar vergonha na cara e vão se mobilizar junto com quem realmente esta lutando por melhoras em nosso meio)parabens Paulo Roberto.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo15 de julho de 2013 16:40

    Desculpe amigo use um corretor ortográfico você escreve muitas palavras erradas...

    ResponderExcluir
  18. QUEM SE CONTENTA COM MIGALHAS É GALINHA!! E QE DE VERDADE NÃO É ISSO!! QUEREMOS O QUE É POSSÍVEL!! E É POSSÍVEL SIM A PROMOÇÃO ATÉ SUB OFICIAL!! ENTÃO PRA QUEM O CHAPÉU SERVIU VÃO CISCAR NO GALINHEIRO DE VOCÊS E NOS DEIXEM DEBATER A MELHOR ESTRATÉGIA. SE ESTUDAR ADIANTASSE MINHA PÓS GRADUAÇÃO JÁ TINHA ME PROMOVIDO A TENENTE!! NÃO FALEM BESTEIRAS. BASTA MOBILIZAR OS DEPUTADOS QUE NOS APÓIAM E QUE ELES SE VIREM EM APROVAR AS EMENDAS. E GARANTAM O NOSSO VOTO ANO QUE VEM!! CHEGA D E BALELA!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece meu caro companheiro que o tempo urge e não podemos ficar para sempre batendo contra o muro. Não sei para você mas essa diferença de R$ 500 ao mês faz muita falta em meu orçamento. Não considero migalha, pois quando entramos para servir ao Exército e tivemos a chance de estabilizar e sermos promovidos a graduação de 3º Sgt não chamamos essa chance de migalha. Agora com mais essa promoção a graduação de 2º Sgt não podemos ficar cuspindo no prato que comemos. Você tem curso superior e é pós-graduado, eu também, mas sinceramente acho que um 2º Grau é o minímo para não continuarmos a ser chamados de analfabetos. Basta olhar os comentários!!!

      Excluir
    2. Para mim R$ 500,00 no contracheque é muito bom. Se puder ser mais do que isso seria o ideal. Com relação a escolaridade, com certeza no mínimo o ensino médio completo. Muitos possuem o superior completo, porque outros tantos se acomodaram.

      Excluir
  19. a EsSA a pouco tempo éra nivel ensino fundamenta, tem muitos s ten que ainda não tem o ensino médio,eai porque complicar......

    ResponderExcluir
  20. se aprovado a PL os da reserva vão precisar ensino médio para melhorar o vencimento

    ResponderExcluir
  21. Ao invés de ficar corregindo teus colega porque vc não corrige os Dep que não estão escrevendo errado mas sim escrevendo emendas absurdas para vcs QE.(Doutorado??)Anonimo 15 de Julho2013 19:56!SO.

    ResponderExcluir
  22. Alquem saberia informar quando sera encaminhado a PL para o senado tem alguma data prevista ou vai ficar com os Dep criando emendas sobre ela até não tivermos mais nada a faser a nosso favor. grato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual o absurdo? Explique melhor. Vejo que alguns deputados estão tentando atrapalhar a tramitação do projeto. A situação de um militar QE concorrer a graduação de 1º sgt eu não vejo problema algum. obs. não sou militar, sou advogada!

      Excluir
  23. Palavras do Sr.Dep PAULOPIMENTA:

    Por fim,diante dos requisitos do Exército para ingresso em suas fileiras, não seria justo exigir
    dos militares do Quadro Especial o e nsino médio
    como nível de escolaridade mínimo, uma vez que restrita parcela desses militares atinge o
    posto primeiro sargento.
    Situação que se distingue dos sargentos de carreira, que têm possibilidade de alcançar o oficialato
    e que apenas após o ano de 2005, passaram a ter
    o ensino médio como exigência para ingressarem nas Escolas de Formação de Sargentos.
    Paulo Pimenta
    Deputado Federal PT - RS

    ResponderExcluir
  24. Aos QE que estão perdendo tempo em discussão sobre escolaridade.
    Vejam as palavras acima do Deputado.E agora vejam as minhas: O Exército começou a exigir o ensino médio em 2005, essa turma nem começou a ser promovidos a 2º Sgt, por que querem exigir 2º grau do QE? tem Sten que é 1º Grau até hoje. Somente é exigido 2º Grau para sair 2º Ten QAO. Então nada mais justo ser provido comente como 2º Grau.

    ResponderExcluir
  25. Digo, Então nada mais justo ser provido somente como o 1º Grau.

    ResponderExcluir
  26. O projeto final do Relator Claudio Cajado tem um erro grave, note:
    ......
    Art. 9º O acesso às graduações superiores, nos termos desta Lei, respeitado o disposto no § 3º do art. 5º, adotará critérios tais como a data de praça do militar, a data de inclusão do militar no Quadro Especial de Terceiros-Sargentos do Exército ou no Quadro Especial de Cabos e Sargentos do Exército, a data de promoção à graduação atual, a data de ingresso na inatividade e o fato motivador do ingresso na inatividade, conforme paradigmas a serem definidos no regulamento desta Lei.
    ....
    Observe que se respeitarmos o § 3º do art. 5º da Lei, não teremos respostas pois podemos ver que não existe § 3º e sim apenas o Artigo. 5º, veja:
    .....
    Art. 5º Os soldados, cabos e taifeiros-mor de que trata esta Lei serão beneficiados por até duas promoções, desde que atendam aos requisitos exigidos.
    .....
    Creio que existe um erro ou está faltando algo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  27. Sou 3º Sgt QE e vejo que a nossa classe está acomodada!! Voltem para a escola, procurem um supletivo e façam por merecer. Temos que ser noivelados por cima e acabar com essa estigma que Sargento do Quadro Especial só tem 4ª Série e é burro. Com muito sacríficio fiz faculdade e uma pós-graduação, não é possível que não consigam fazer um supletivo de 6 meses!!! Temos que parar de choramingar e buscar nossos objetivos, eu disse "BUSCAR" e não ficar esperando cair do céu.

    ResponderExcluir
  28. Desculpem o erro, quis dizer - NIVELADOS -

    ResponderExcluir
  29. Já tem uma nova Emenda do Dep Paulo Pimenta ao Substitutivo propondo a promoção até 1º Sgt e exigindo o ensino fundamental para todos.

    23 anos de serviço - 2º Sgt
    28 anos de serviço - 1º Sgt

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Caro colega Sgt Marcos, Sou SD Refº,com 40(Quarenta) anos na inatividade, incapacidade definitiva para o serviço ativo, com atestado de origem, não tive nenhuma melhoria de reforma, soldo de SD do EB,caso o PL 4373/2012 seja aprovado o Relatório como está, qual seria o amparo que eu teria neste PL 4373, que DEUS com seu PODER MAIOR, tenha compaichão de um humilde SD e idoso que sou, espero com a graça do SENHOR JESUS a sua valiosa resposta. Muitissimo Obrigado.

    ResponderExcluir