quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Deputado Raad Massouh (PPL) é cassado por 18 votos na Câmara Legislativa

Massouh é acusado de desviar recursos públicos de uma emenda liberada por ele em 2010

De Brasília
O deputado Raad Massouh (PPL) foi cassado nesta quarta-feira (30/10), por 18 votos favoráveis. Massouh é acusado de desviar recursos públicos de uma emenda liberada por ele em 2010.

O resultado da votação de 23 deputados na Câmara Legislativa saiu por volta de 19h30. Na votação, 18 deputados foram favoráveis a cassação de Raad, três votaram pela não cassação e outros dois se abstiveram.

A primeira votação foi anulada por ter sido encontrada uma cédula a mais na urna. Após nova votação, a cassação de Raad Massouh foi confirmada. Antes do encerramento da primeira votação, Raad saiu do plenário com a esposa e retornou antes do fim da segunda.

"Alguém aqui agiu de má fé, foi uma canalhice", disse o deputado Chico Vigilante sobre o número de votos. O deputado Chico Leite (PT) afirmou que uma sindicância deveria ser feita  para saber porque 24 envelopes foram encontrados na urna.

"Foi uma injustiça o que fizeram contra Raad", indignou-se o presidente do PPL, Antônio Campanella. Alguns deputados usaram o microfone do plenário para atacar Campanella reclamando da presença dele no plenário.


Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário