segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Baderneiros não se importa com família vindo da igreja

"Eles não queriam nem saber quem estava dentro do carro"




Campanha lançada na internet é uma resposta do movimento #vaitercopa à violência dos baderneiros que incendiaram o carro do serralheiro Itamar Santos, quando ele voltava da igreja no último sábado; "eles não queriam nem saber quem estava dentro do carro", disse ele, sobre os agressores; "Um fusca 1975 vale o que, uns 5 ou 7 mil? Arrecadamos isso em um dia, com boa divulgação", afirma o blogueiro Eduardo Guimarães, um dos mentores da campanha solidária #VaiTerFusca.  (SÃO PAULO)

Fonte: http://www.brasil247.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário