terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Enquete do Portal Gama Cidadão é vítima de Fraude

A enquete realizada pelo Gama Cidadão, entre os dias 25 de novembro a 19 de dezembro de 2013, em seu site de Internet, para que a população manifeste qual dos possíveis candidatos ao Governo do DF eles preferem, foi fraudada.

Nos momentos iniciais à enquete, alguns candidatos vinham, até o dia 08/12, com uma pequena quantidade de votos, mas na madrugada do dia 09/12 houve um salto inexplicável e passaram a ocupar as posições de destaque na preferência dos votantes. E assim continuou subindo na quantidade de votos.

Dessa forma, candidatos que estavam na lanterna da pesquisa passaram a liderar a enquete, ficando à frente os mais cotados segundo a escolha da população votante.



O gráfico de visitação reproduzido acima mostra o candidato Agnelo Queiroz saltando para a liderança depois desses acessos simultâneos na madrugada.

Segundo uma empresa especializada em segurança da informação procurada por nossa redação, existem indícios da utilização de softwares automatizados cujo objetivo era fraudar a enquete, enviando uma série de requisições, votando em um curto espaço de tempo.

Em um determinado momento, os fraudadores escolhem outra pessoa para votar. Mas por que eles fariam isso? Justamente para dificultar um pouco mais a identificação de que está havendo fraude na enquete. Nesse caso o “robozinho” da equipe de quem comandou a ação, não está votando só pra ele, o sistema está votando também para outros candidatos. Neste caso, tais candidatos não ficam com uma margem muito grande de diferença, o que levantaria ainda mais suspeitas.

A enquete ficou no ar até o dia 19/12 e, após essa onda de acessos repentinos ocorridos na madrugada do dia 09, candidatos que antes estavam com baixa votação vieram se mantendo no topo da pesquisa.

O Gama Cidadão, junto com especialistas no assunto, está averiguando o ocorrido, mas já sabe-se ao certo que houve fraude na pesquisa.

Da redação do Gama Cidadão com as colaborações de Lucas Lieggio

Fonte: Blog do Cafezinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário