sábado, 22 de fevereiro de 2014

Maduro ameaça tirar CNN do ar por cobertura de protestos


Presidente diz que não aceitará propaganda de guerra contra a Venezuela

CARACAS - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ameaçou de impedir as transmissões na Venezuela do canal de notícias americano CNN, caso eles não retifiquem sua cobertura da onda de protestos que toma o país deste a semana passada.

- A programação é de guerra 24 horas por dia. Querem mostrar ao mundo que há uma guerra civil na Venezuela, mas o povo está trabalhando! Eu disse à ministra Delcy Rodríguez (ministra da Comunicação) que notifique a CNN de que começou o processo administrativo para tirá-los da Venezuela se não retificarem (sua cobertura). Vão embora da Venezuela, basta de propaganda de guerra. Não aceito propaganda de guerra contra a Venezuela - disse o presidente.

Desde que a Globovisión foi comprada por empresários simpáticos ao governo, no ano passado, NTN24 a cobertura crítica praticamente sumiu dos canais de TV no país. Na semana passada, um canal colombiano de notícias foi tirado do ar na Venezuela por transmitir os protestos.


Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário