segunda-feira, 5 de maio de 2014

Exército reforçará segurança em Brasília com 3 mil homens durante a Copa

São Paulo, 4 mai (EFE).- O Exército apresentou neste domingo o efetivo de 3 mil homens que reforçará a segurança da capital federal durante a Copa do Mundo, que começa no próximo dia 12 de junho, informaram neste domingo fontes oficiais.

Os militares, que integrarão a chamada Força Planalto (Forplan), estão treinados para enfrentar ações terroristas e ataques químicos, afirmou hoje em Brasília o coronel Gilberto Breviliere.

Segundo a "Agência Brasil", o Exército terá a sua disposição veículos blindados, metralhadoras, radares de solo, helicópteros, roupas especiais contra ataques químicos e mais de 400 veículos.

"A Força Planalto vai atuar no eixo de defesa, aplicando todas as características e capacidade operacional do Exército, para prover a segurança e defesa, para que a Copa do Mundo possa ocorrer em um ambiente de harmonia e traquilidade", afirmou Breviliere em declarações aos jornalistas.

Segundo o comandante da Polícia do Exército, o tenente-coronel João Felipe Dias Alves, os militares foram treinados para garantir a segurança de quem vai a assistir as partidos e atuar contra qualquer ato de terrorismo e sabotagem.

"As manifestações são uma preocupação da segurança pública. Estamos preparados para atuar como força de contingência, se for necessário", completou.

No final do mês de março, o ministro da Defesa, Celso Amorim, afirmou que o controle das manifestações "é uma das tarefas policiais" e "a intenção é que as Forças Armadas não intervenham" em eventuais alterações da ordem pública.

No entanto, ele apontou que, se for necessário, as Forças Armadas estarão "preparadas" para uma eventual colaboração na contenção dos manifestantes.

Brasília será sede de sete partidas durante a Copa e espera-se que vários chefes de Estado passem pela capital brasileira durante a disputa do torneio. EFE

Fonte: Yahoo

Nenhum comentário:

Postar um comentário