quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Brasil e RÚSSIA devem aumentar INTERCÂMBIO MILITAR. “Existe pontos de interesse e coincidências entre os dois países”

O EMBAIXADOR russo se reuniu na quinta-feira passada com o Ministro da DEFESA Aldo Rebelo. A nota divulgada pelo Ministério da Defesa sobre a visita do embaixador Sergey Pogóssovitch Akopov diz que existem vários pontos de interesses e coincidências entre os dois países.
Na reunião Akopov disse que “Estamos absolutamente certos de que o Brasil deseja sua independência tecnológica para defender seus recursos naturais. Nós também temos essa tarefa“. O diplomata ressaltou que já existe interação entre os dois países em várias áreas, como a médica, formação militar e engenharia. Lembrou também do fornecimento de aeronaves russas para as Forças Armadas do Brasil. “O contrato dos helicópteros MI-35M foi praticamente cumprido com a entrega das 12 unidades“. Disse ainda que a RÚSSIA vai facilitar a instalação de centros de treinamento de pilotos e de manutenção das aeronaves adquiridas. 
Aldo Rebelo declarou que há confiança mútua e que isso permitiria mais avanços no relacionamento. Disse que a RÚSSIA poderia conhecer mais detalhadamente o território brasileiro.  Ele fez um convite para que o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, venha ao nosso país, conheça organizações militares e visite a região Amazônica.
Seria interessante a Rússia conhecer nossa doutrina militar de forma mais próxima e o reconhecimento do terreno, que é diferente“. Disse Aldo Rebelo.
O embaixador russo falou que seu país tem interesse em ajudar no desenvolvimento de foguetes lançadores de satélites para o BRASIL e no fornecimento de peças para submarinos e sistemas de defesa antiaérea. 
O diplomata canvidou ALDO REBELO para participar, em abril, da 5ª Conferência Internacional de Segurança, que ocorrerá em Moscou, e do Fórum Técnico-Militar Internacional Army 2016, em setembro, na cidade de Kubinka, também na Rússia.

Fonte: sociedademilitar.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário