sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Para conter onda de ataques, Forças Armadas chegam ao RN

Deflagrada nesta sexta (20), Operação Potiguar 2 segue até o dia 30.

São 1.200 militares empregados no combate ao crime organizado no estado.


Anderson Barbosa e Fred Carvalho
Do G1 RN
FACEBOOK
Em agosto do ano passado, tropas federais integraram a Operação Potiguar 1 (Foto: Fabiano de Oliveira/ G1)

Homens do Exército, Marinha e Aeronáutica chegaram a Natal na manhã desta sexta-feira (20) para combater a onda de ataques criminosos iniciada nesta quarta-feira (18). O emprego dos militares no patrulhamento das principais vias, pontos turísticos e o aeroporto da capital do Rio Grande do Norte foi autorizada pelo presidente Michel Temer. Ao todo, 1.200 homens vão integrar a Operação Potiguar 2, que segue até o dia 30 deste mês.
Tropas militares chegaram a Natal na manhã desta quinta-feira (20) para conter ataques criminosos no estado (Foto: Rodrigo Martins/TVU)

Na manhã desta quinta, mais um helicóptero chegou para reforçar o policiamento em Alcaçuz.
Helicoptero reforça segurança em Alcaçuz (Foto: Magnus Nascimento/Tribuna do Norte)


Um razão dos ataques, Natal amanheceu sem ônibus. Até o momento, não há previsão de os veículos saírem das garagens. Este é o sétimo dia de motim em Alcaçuz, maior presídio do estado, onde 26 detentos foram mortos no fim de semana. Nesta quinta, em uma verdadeira batalha campal, as facções voltaram a se confrontar. Muitos ficaram feridos e há informações de que há mortos no local, mas os corpos ainda não foram retirados.

Pelo menos três novos ataques foram registrados entre a noite da quinta e madrugada desta sexta no estado. Um carro foi incendiado na cidade de Currais Novos, no Seridó potiguar, a Delegacia da Mulher da cidade de Caicó foi arrombada e incendiada, e dois ônibus foram queimados na garagem de uma empresa, na Zona Norte de Natal.

Até o momento, vinte e quatro ônibus, dois micro-ônibus, um carro do governo do estado, três carros da secretaria de Saúde de Caicó, um veículo da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, duas delegacias e um prédio público foram alvos de criminosos. Não há informação de pessoas feridas. Os atentados, a maioria incendiários, foram registrados em oito municípios.

Potiguar 2
Essa será a segunda vez em seis meses que militares são empregados no cambate à criminalidade em Natal e na região metropolitana. Em agosto do ano passado, por 21 dias, o mesmo efetivo ocupou as ruas da cidade após uma série de ataques criminosos em todo o Estado.

De acordo com o Exército Brasileiro, a Operação Potiguar 2 seguirá os mesmos moldes da primeira ação. Os militares virão dos mesmos batalhões da Operação Potiguar 1, localizados nos Estados de Pernambuco e da Paraíba, além do interior do Rio Grande do Norte.

Ataques

Houve ataques em nove municípios do estado: Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim, João Câmara, Macau, Caicó, Touros e Maxaranguape.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Caio Bezerra, a relação entre os ataques e a crise no sistema penitenciário do estado está sendo investigada. "Pessoas já foram presas", afirmou, mas sem revelar a quantidade de detidos.

A maioria dos ataques aconteceu no mesmo momento em que a PM fazia a remoção de 220 presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. No local, 26 detentos morreram durante uma rebelião no final de semana. Destes, segundo o governo, 15 foram decapitados. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

A remoção dos presos foi uma nova tentativa de o Estado retomar o controle da unidade. Para a retirada dos detentos o governo está usando ônibus de turismo locados.
Cenário de guerra toma conta de Alcaçuz. “Está todo mundo armado”, afirma a PM. (Foto: Elias Jornalista)

Os atos

Comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, o major Soares disse ao G1 que o primeiro ataque registrado foi contra um carro do governo que estava estacionado na frente da casa de um servidor que mora no bairro de Mãe Luíza. Seis pessoas teriam se aproximado a pé e atirado contra o veículo, que em seguida pegou fogo.

Já na comunidade de Brasília Teimosa, que fica perto de Mãe Luíza, um ônibus da empresa Santa Maria foi incendiado.

Um pouco depois, dois ônibus foram queimados no terminal do Vale Dourado, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte. Segundo a Polícia Militar, homens se aproximaram e lançaram um coquetel molotov sobre os veículos.

Após ser baleado, carro do governo pegou fogo (Foto: PM/Divulgação)

À noite, mais oito ônibus foram queimados na garagem da empresa de viação Contijo, no bairro Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade e um micro-ônibus queimado em Bela Vista, bairro de Parnamirim, cidade da Grande Natal.

Por volta das 23h10 a 2º DP de Natal foi alvo de disparos.
Micro-ônibus foi incendiado em Macau (Foto: Eduardo Carlos)

Em Macau, cidade da região salineira do estado, um micro-ônibus também foi incendiado.
No município de Maxaranguape, litoral Norte potiguar, dois ônibus escolares e um caminhão foram incendiados. Os veículos estavam na garagem da prefeitura. O fogo consumiu os veículos. Ninguém ficou ferido.
A Polícia Militar conseguiu evitar ainda outro ataque a ônibus no conjunto Parque dos Coqueiros, Zona Norte de Natal. Segundo o comandante do 4º batalhão, o major Lisboa, dois homens chegaram a jogar combustível no veículo, mas foram impedidos pelos policiais que patrulhavam preventivamente a área. Os bandidos fugiram a pé na direção da lagoa de captação. O comandante disse também que a segurança foi reforçada em todos os oito terminais de ônibus da Zona Norte.
Bandidos atearam fogo na garagem do prédio da Secretaria de Saúde de Caicó (Foto: Willacy Dantas)

Na cidade de Caicó, região Seridó do estado, a garagem da Secretaria de Saúde da cidade foi incendiada. De acordo com a Polícia Militar, três viaturas foram incendiadas. Ainda em Caicó, a PM confirmou um ataque na garagem da empresa de ônibus Jardinense. Um veículo foi destruído.

Durante a noite um ônibus também foi alvo de bandidos na cidade de Ceará-Mirim, na Grande Natal.

Na madrugada desta quinta-feira (19) dois ônibus foram incendiados em João Câmara, município a 75 quilômetros de Natal. Um deles estava estacionado na frente de uma oficina quando foi alvo dos bandidos. O outro, da empresa Expresso Cabral, estava estacionado na rodoviária da cidade. De acordo com o policiamento do local, ninguém ficou ferido.
Ônibus incendiado em João Câmara, RN (Foto: Divulgação/PM)

Em Touros, um ônibus foi incendiado na noite desta quarta-feira (18). Segundo o policiamento da cidade, moradores chamaram os bombeiros para apagar as chamas. Ninguém ficou ferido.
Ônibus incendiado em Touros (Foto: Reprodução/Facebook)

Em São Paulo do Potengi, município do Agreste potiguar, três homens encapuzados botaram fogo em um ônibus escolar na tarde desta quinta-feira (19). A população conseguiu apagar o incêndio com a água de um carro-pipa. Os bandidos fugiram.
·       
 População apagou incêndio em São Paulo do Potengi, RN (Foto: Divulgação/PM)

Grande Natal

Na madrugada desta quinta-feira (19) dois homens atacaram uma viatura que estava estacionada em frente à sede da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), em Natal. Servidores conseguiram apagar o fogo com um extintor. As outras viaturas foram retiradas do local.
Viatura da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana foi alvo de bandidos (Foto: Reprodução)

Por volta das 23h uma bomba caseira foi jogada na subestação Chesf no bairro do Bom Pastor, em Natal.
Bandidos mandaram os passageiros descerem e atearam fogo em um micro-ônibus em Parnamirim (Foto: Divulgação/PM)

Por volta das 7h30 desta quinta-feira (19) um alternativo foi incendiado no bairro Nova Esperança, em Parnamirim, na Grande Natal. De acordo com o tenente Moisés de Almeida, do 3º Batalhão da PM, homens armados abordaram o veículo e mandaram todas as pessoas descerem. Atearam fogo ao carro e fugiram sem levar nada. Ninguém ficou ferido.

Por volta das 2h30 da madrugada desta quinta-feira (19), um ônibus de passeio foi alvo de bandidos no conjunto Santa Catarina, na Zona Norte de Natal. Ninguém ficou ferido.
·         

Ônibus incendiado no conjunto Santa Catarina, em Natal (Foto: Reprodução/Facebook)

Por volta das 8h30 desta quinta (19) o terminal das Rocas foi alvo de bandidos. De acordo com a PM, o prédio foi arrombado e os criminosos atearam fogo na sala da administração.
·       
 Terminal das Rocas foi alvo de bandidos (Foto: Divulgação/PM)

No início da tarde desta quinta-feira, um ônibus da empresa Santa Maria foi incendiado em Santos Reis, bairro da Zona Leste.
Em Santos Reis, ônibus foi destruído pelas chamas (Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV Cabugi)

O 1º Distrito Policial, na Cidade Alta, também sofreu um ataque na tarde desta quarta-feira. Um policial que trabalha na delegacia e preferiu não se identificar disse que dois homens chegaram em uma moto e atiraram contra a fachada do prédio. Os bandidos também atiraram uma mensagem, amarrada a uma pedra, com ameaças aos policiais.

O Fórum Varela Barca, na Zona Norte de Natal foi alvo de disparos na noite desta quarta. O outro fórum, em Parnamirim, também foi atacado por bandidos. Ninguém se feriu.
Criminosos atiraram no prédio e fizeram pixações sobre o Sindicato do RN (Foto: Julianne Barreto/Inter TV)

Um homem suspeito de participação nos ataques foi detido na Plantão Zona Norte para averiguações. Ele apresentava queimaduras pelo corpo.

A outra delegacia atacada foi a 14ª DP, que fica no bairro de Felipe Camarão, na Zona Oeste. Tiros foram disparados contra o prédio. Ninguém foi ferido.


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário