terça-feira, 9 de maio de 2017

Projeto que traz economia milionária ao Exercito é desenvolvida no 5º RCC por um Sargento


Phillipe Gomes Falcão Vilela é 2º Sargento do Quadro de Material Bélico/Manutenção de Armamento.

A aquisição dos carros de combate Leopard 1A5 pelo Exército Brasileiro trouxe consigo a doutrina de manutenção alemã, com foco na manutenção preventiva. Periodicamente são feitas revisões para testar todos os sistemas da viatura, o que gera grande consumo de óleo diesel e desgaste das baterias.

Foi aí, que entrou a participação decisiva do sargento Falcão ao desenvolver uma fonte de alimentação externa, independente das condições das baterias e sem necessidade de usar o motor da própria viatura para gerar energia.

O projeto iniciou-se em 2014 ao realizar o Curso de Manutenção da Torre do Leopard 1 A5, no Centro de Instrução de Blindados, em Santa Maria/RS, com o objetivo de reduzir custos e foi concluído em 2017 com apoio do Comando do 5º RCC.

A atitude do militar reflete as tradições de pioneirismo e modernidade do Regimento Tenente Ary Rauen. Se for implantado nas Unidades Blindadas, trará maior eficiência e economia de meios para toda a cadeia logística de manutenção.


Phillipe Gomes Falcão Vilela é 2º Sargento do Quadro de Material Bélico/Manutenção de Armamento, turma de 2005. Além do Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS), possui os cursos de especialização em Mecânica de Instrumentos e Manutenção da Torre do Leopard 1 A5.

Fonte: http://www.riomaframix.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário